un tal marra

mentras haxa escrav@s voluntári@s, haberá amos, e portanto, non haberá persoas libres

no seu siléncio

Tamén hoxe fai sol e voan

as bolboretas limoeiras.

Todo está máis calado.

Hai un ano que marchou miña mai.

No seu siléncio.

Camiña o reloxo

e o ar move algunha folla da cerdeira.

Anúncios

2008/04/06 - Posted by | Uncategorized

2 comentários »

  1. En silenzo……….. Sintoo por tí

    Comentar por Ajolin | 2008/04/08

  2. non estivera aquí.

    15 anos que marchou a miña.
    (aínda sinto como me abelisca o queixo, sorrindo, coa súa mau de cotelos avultados pola artrose)

    (moi cedo para emocionarme xa…! déixoche unha apertiña, maternal, que me sae espontánea)

    Comentar por zeltia | 2012/04/14


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: