un tal marra

mentras haxa escrav@s voluntári@s, haberá amos, e portanto, non haberá persoas libres

fotos_338 o rio mera

NON TOQUEN O RIO MERA

Lugo, 10 setembro 2010          ©xosé marra

Saltou a frase sobre o rio Mera. Tocoulle.

POÑER EN VALOR

Cada vez que a pronúncian, é para poñerse a tremer: pasarelas, desbroces, camiños de grava…

Cunha inversión de 1,2 millós de euros. O perigo é directamente proporcional á cantidade investida.

A millor intervención sobre a Natureza é non tocala, coidala.

O único que necesita é non agredila. Respectala, e deixar que fluctue ao seu ritmo. En siléncio.

HAI ANTECEDENTES

 

 

Este é o entorno no que queren actuar.

Un fermoso entorno que xa ten camiños, sendeiros e carreiros polos que a xente camiña.

 

=================================================

HAI ANTECEDENTES

Un exemplo:

Bosque de ribeira, beiras do rio Miño, 4 febreiro 2006…

… o mesmo lugar, 2 setembro 2007…

… o mesmo lugar, 17 febreiro 2008…

… o mesmo lugar, 27 setembro 2010.

 ———

No mesmo entorno:

2 setembro 2007…

… o mesmo lugar, 19 xullo 2008.

Anúncios

2010/10/03 - Posted by | fotografia, notícias

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: